impacto de La Niña sobre chuvas (mais uma causa do aquecimento global)

Ir em baixo

impacto de La Niña sobre chuvas (mais uma causa do aquecimento global)

Mensagem  otto em 15.01.11 9:02

What a Face
pessoal,
O fenômeno La Niña sofre um impacto muito maior por causa do aquecimento global e isto não é novo vejam o que diz o climatologista mais respeitado no assunto, Carlos Nobre em http://www.globoamazonia.com/Amazonia/0,,MUL1112135-16052,00-FORCA+DE+CHUVAS+E+RESULTADO+DO+AQUECIMENTO+GLOBAL+AFIRMA+CLIMATOLOGISTA.html

Citação:

"Especialistas divergem sobre impacto de La Niña sobre chuvas
Meteorologistas do Brasil e de organizações internacionais estão divididos sobre uma possível ligação entre as chuvas que afetaram o Sudeste brasileiro e os temporais que provocaram enchentes na Austrália e Sri Lanka.
Apesar de concordarem sobre o motivo direto das chuvas no Sudeste - a concentração de massas de ar úmidas, comum nesta época do ano - eles discordam sobre se as chuvas podem ser conectadas diretamente ao fenômeno climático La Niña, tido como causa das chuvas torrenciais na Austrália e no Sri Lanka.
Luiz Cavalcanti, chefe de previsão do tempo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), acredita que o La Niña seria responsável também pelas chuvas no Brasil.
'É fenômeno recorrente, que aparece a cada 5 ou 7 anos, e que também aconteceu no ano passado, com um efeito parecido', disse.
La Niña acontece quando a temperatura da superfície da água do Oceano Pacífico fica mais fria do que o normal. Por causa da dimensão da massa de água, a queda de temperatura modifica a circulação atmosférica naquela região.
O fenômeno cria uma variação de intensidade nos ventos que, consequentemente, altera a distribuição das massas de ar quentes e frias em todo o mundo.
Ghassem Asrar, diretor do Programa Global de Pesquisa sobre Mudança Climática, diz que a ligação entre o fenômeno La Niña e as chuvas mais fortes na Austrália e na América do Sul é conhecida.
Mas ele diz que a intensidade dos eventos tem se mostrado mais grave do que o inicialmente previsto, e aparenta ser maior do que a de eventos anteriores ocorridos nos dois continentes na última década.
'Todos esses casos que estão acontecendo agora, incluindo o Brasil, tem características de fenômenos ligados ao La Niña.'
'O que ainda estamos tentando responder é se a intensidade desses eventos está sendo influenciada pelo aquecimento global ou não', disse Asrar.
Zona de convergência - Já a meteorologista do grupo de previsão climática do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe) Ester Ito diz que o Sudeste não é uma região comumente afetada diretamente pelo fenômeno La Niña.
'Geralmente, La Niña atua diretamente no sul (do país), trazendo menos chuvas e no norte, trazendo mais chuvas. Ainda não há indicação clara de que tenha afetado o Sudeste dessa vez', diz.
Mas segundo Ito, o aumento da umidade na região Norte do Brasil, comum durante o verão, contribuiu com o aumento das chuvas no Sudeste.
De acordo com o Inpe, as chuvas são resultado de um canal de umidade, uma espécie de corredor de nuvens carregadas de vapor, que se estende do sul da Bacia Amazônica até o Sudeste, passando pelo Centro-Oeste do País.
Omar Badour, meteorologista da Organização Meteorológica Mundial (WMO), também acredita não ser possível dizer com certeza que o La Niña possa ter tido um efeito direto no Sudeste brasileiro, como nos casos da Austrália, Sri Lanka e Filipinas.
Ele diz que a localização da região - entre duas zonas diretamente afetadas pelo fenômeno de maneiras distintas - torna difícil confirmar a relação.
'La Niña é um fenômeno característico do Oceano Pacífico, mas, no caso do Sudeste brasileiro, uma mudança de temperatura no Atlântico também pode ter alterado a circulação das massas de ar', diz.
Badour diz ainda que é cedo para atribuir a intensidade dos desastres ao aquecimento global.
'Sabemos que, de um modo geral, o aquecimento global pode aumentar a intensidade das chuvas em qualquer lugar do mundo, mas a origem desses eventos é natural. Eles sempre aconteceram.'


(Fonte: G1)

Esta página foi exportada de Ambientebrasil - Notícias [ http://noticias.ambientebrasil.com.br/?p=65209 ]
Data da exportação: 15/01/2011 - 13:30:56


No

_________________
Visitem os meus projetos opensource:
aptosid Brasil sobre o debian sid gnu linux em http://www.aptosid.com.br
siduction Brasil em http://portal.siduction.com.br/
Mageia Linux em http://mageiadobrasil.com.br/forum/index.php
avatar
otto
Administrador do forum
Administrador do forum

Mensagens : 425
Data de inscrição : 13/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: impacto de La Niña sobre chuvas (mais uma causa do aquecimento global)

Mensagem  D. K. em 17.01.11 17:31

'Sabemos que, de um modo geral, o aquecimento global pode aumentar a intensidade das chuvas em qualquer lugar do mundo, mas a origem desses eventos é natural. Eles sempre aconteceram.'
Sim, Dr. Badour, "sempre aconteceram" - mas porque será que tenho a impressão de que, ultimamente, estão acontecendo em maior escala???
Evil or Very Mad

_________________
Seja íntegro: não faça as coisas pela metade. Não preserve apenas o meio ambiente, preserve todo ele!
Seja livre: use Linux Mageia! Veja mais em Mageia Brasil
avatar
D. K.
Moderador
Moderador

Mensagens : 571
Data de inscrição : 24/10/2010
Idade : 64
Localização : Espírito Santo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum